Dica da vez: Episódios antigos ou novos?

Ás vezes nós, adoradores da fantástica série animada criada por Matt Groening, ficamos com uma decisão muito dura de se lidar: quais assistir, os episódios novos ou os antigos? Há quem prefira os antigos, há quem prefira os novos, mas temos que tirar nossas conclusões apontando os pontos fortes e fracos de cada uma das opções que Os Simpsons nos dá.

E não pense que você deverá ver os episódios que a televisão te propor, lembre-se que há a internet, com sua enorme gama de episódios legendados e dublados, e também os DVD's e Blu-ray's, com suas várias opções de idiomas e variados extras. Então, antes de criar qualquer opinião precipitada, você pode escolher com facilidade o que você quer assistir.

Mas é claro que, quem não tem dinheiro para desembolsar os episódios em formatos físicos - e se possível de forma legal -, vai logo para a internet buscar as tão desejadas séries que gosta. Mas quem possui a grana terá bastante conteúdo e, em uma grande maioria das vezes, uma bonita caixa para aqueles preciosos discos serem guardados sem estragar.

Primeiro vamos falar dos episódios mais antigos, aqueles que marcaram época e alegraram a casa de muitas pessoas ao redor do mundo há mais de 20 anos atrás. Se você conhece bem Simpsons, sabe que a parte mais "clássica", se é que podemos dizer assim, foi da primeira à oitava temporada, onde as animações não eram lá as mais elaboradas.

Nesta fase podemos perceber que as piadas eram mais bem boladas do que atualmente, o humor não era tão datado quanto os episódios de hoje são e havia um envolvimento maior com a emoção do tele espectador, ou vai falar que você não ficou um pouco triste no episódio Todo Mundo Morre Um Dia? Quem assistia antes se "envolvia" mais coma série.

Se você privilegia o áudio provavelmente vai gostar de assistir os antigos com o áudio americano, pois todos os dubladores (que sempre estiveram na série) também estavam lá no comecinho de Os Simpsons. Agora se gosta mais de assistir com as vozes brasileiras vai perceber que as mudanças eram mais frequentes, apesar da dublagem em si ser boa.

Além da qualidade gráfica e sonora dos episódios atuais, também temos que citar as revira-voltas que sempre andam acontecendo na série. Como por exemplo, se você vê um episódio que Bart começa comprando uma história em quadrinhos, saiba que tudo se desenvolverá e terminará de uma forma totalmente diferente daquela que o episódio começou.

É uma coisa que deve se destacar, pois realmente aquilo foi uma coisa muito bem elaborada para não deixar o episódio um pouco repetitivo ou chato. Mas no geral tudo é uma coisa que de uma forma ou de outra acaba acontecendo com as séries animadas. Aconteceu com Family Guy, aconteceu com South Park e até mesmo com Futurama (apesar de não ser muita coisa).

Bom, pessoal. Espero que a postagem de hoje tenha ajudado vocês a escolherem a melhor opção para assistirem aos episódios dos Simpsons. Só para deixar claro: Independente de ser novo ou antigo, estamos tratando de Os Simpsons, não tem como ser ruim.

Deixe uma resposta.